Atypical - 1ª temporada | ALUADO

Atypical - 1ª temporada

Resultado de imagem para atypical
  
 Atypical conta a história de Sam e sua família, Sam está no espectro do autismo e aos 18 anos ele quer muito uma namorada. É com um plot simples que entramos nessa série tão profunda. 

           

 Acompanhamos a vida de Sam (Keir Gilchrist), e vemos seus problemas sociais, somos apresentados ao mundo particular do Sam, vemos sua paixão pela antártica e todas suas outras características. Acompanhamos sua jornada em busca de entender os seus sentimentos e o mundo. Sam nunca se apaixonou por uma pessoa, nunca deu um beijo, tudo é uma novidade para ele. É uma série que apesar de ter vários assuntos sérios, como o autismo, é muito divertida.
 Durante oito episódios somos convidados a sentir empatia com o Sam, pois ele também pode sentir o mesmo por nós.

Imagem relacionada


 A série fica cada vez mais interessante quando somos apresentados a família de Sam, conhecemos cada um e vemos as suas histórias, a série me ganhou por isso, pois mostra como é ter uma pessoa no espectro do autismo em casa, como é conviver com isso. Cada personagem tem problemas e conflitos que são muito bem desenvolvidos na série, até personagens que são papeis menores têm sua chance de brilhar, o elenco está incrível.
 Vemos como Casey (Brigette Lundy-Paine), a irmã de Sam, sofre por sempre ser jogada de lado por causa do irmão, vemos como ela o entende e o ama por ele ser quem ele é, acompanhamos os conflitos da Casey e isso torna a série ficar muito interessante. 
 A história da série não se resume ao Sam, mas sim todos de sua família.
 Mesmo a série acompanhando vários personagens ao mesmo tempo, isso não torna a série cansativa, toda cena é complementar para entendermos cada personagem.

Resultado de imagem para atypical

 É uma série também muito educativa, não de uma maneira cansativa, pois ensina muitas coisas sobre vários temas, agora eu tenho uma pequena base sobre o espectro de autismo, uma coisa que não é da minha realidade e agora eu sei um pouco, também agora sei vários fatos estranhos sobre à antártica, que eu não saberia sem o Sam, então obrigado Sam.
 A série traz visibilidade para um assunto sério, para pessoas reais, é uma série muito divertida e por muitas vezes emocionante. 
  
NOTA:
                    

Arthur Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram