Fragmentado | Crítica

 Fragmentado é um clássico filme do diretor  M. Night Shyamalan, é uma volta por cima pois depois de alguns fracassos muitos já não acredita...

 Fragmentado é um clássico filme do diretor M. Night Shyamalan, é uma volta por cima pois depois de alguns fracassos muitos já não acreditavam num retorno com um bom filme, mas todos se surpreenderam com o seu novo filme, Fragmentado.

      

    

 Fragmentado gira em torno de três garotas adolescentes que são sequestradas na saída de uma festa por um homem que possui Transtorno Dissociativo de Identidade, manifestando 23 personalidades distintas, e esse papel foi quase como um presente ao ator  James McAvoy, que o fez com perfeição, todo o trabalho do ator ficou muito natural, as personalidades que ele interpretou cada uma era muito diferente da outra. 
           

  
 O filme é um thriller psicológico, cheio de suspense e surpresas, pra quem gosta de coisas curiosas sobre transtornos psicológico esse filme é um prato cheio.
 É muito interessante assistir a maneira que essas garotas tentam fugir desse homem, a maneira que elas são incluídas em cada mundinho particular de cada personalidade. 
  O personagem do James McAvoy, se chama Kevin, Kevin é a personalidade original, e ele foi muito bem desenvolvido pelo o ator e pelo roteiro. Outro personagem que foi muito bem desenvolvido foi o da atriz Anya Taylor-Joy, que interpreta a Casey, a personagem Casey  viveu vários problemas durante sua vida e isso a deixou muito quieta e retraída.
 É um filme tenso, mas ele consegue ser divertido e assustador e foi muito bem feito pelo o elenco. Tem um tema interessante e ainda muito pouco discutido.

             Nota:



 Abraços